Publicidade

Publicidade UOL

Rei das apostilas

0

A Falta de Água no Mundo

Postado por Denilson on quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 | 08:25

Você que está lendo esta matéria pode ser alguém muito inteligente que irá fazer a diferença. A escassez de água é um problema ambiental cujos impactos tendem a ser cada vez mais graves caso o manejo dos recursos hídricos não seja revisto pelos países. Atualmente, mais de um bilhão de pessoas já não têm acesso a água potável suficiente para suprir suas necessidades básicas diárias. A pecuária, que por vezes contamina rios e lençóis freáticos, contribui de maneira decisiva para a escassez de água, uma vez que de acordo com relatório publicado em 2003 pela FAO, para se produzir 1 kg de carne são consumidos cerca de 15.000 litros de água, enquanto são necessários apenas 1.300 litros para se produzir a mesma quantidade de grãos.

A maioria das pessoas não se interessam por este assunto tão sério e não atual. Cada indivíduo no planeta é responsável por cuidar de cada recurso da natureza essencial a nossa sobrevivência. Ocorre que muitos dessas pessoas acreditam que o que elas fazem não afetará em nada o meio ambiente, e assim destroem mananciais cercados por árvores, afim de criar gado, e outras atividades que gerem riqueza e lucro. Um exemplo claro disso foi uma reportagem do ano de 2014, onde um morador de um sítio desviou e represou um riacho para criar um pesque-pague. Como o sítio dele ficava na parte mais alta, os demais moradores ficaram sem água abaixo. É claro que existem leis que proíbem tal ato, mas nesse caso a fiscalização do município foi falha.

Atitudes como estas demonstram o total descaso com o semelhante, e o desprezo pelos constantes avisos sobre a escassez de água no mundo. Moro em Juiz de Fora,  Minas Gerais, um local que eu nunca vi escassez de água. Há muitos mananciais, reservas florestais que protegem estes mananciais. Porém nesta última estiagem houve racionamento de água, e alguns lugares que na seca não eram afetados, agora foram, chegando ao ponto de reduzir completamente o volume de água. 

Este não é um problema atual. Há muitos anos que ambientalistas vem avisando sobre a escassez de água no mundo. Autoridades tem conhecimento e não sabem o que fazer, e nem tem um projeto para resolver esta questão tão importante.

Matéria de 2007. Veja logo abaixo. Já se passaram 8 anos.

Dentro de 20 anos, uma proporção de dois terços da população do mundo deve enfrentar escassez de água, de acordo com a FAO, agência das Nações Unidas para agricultura e alimentação, sediada em Roma. Segundo a FAO, o consumo de água dobrou em relação ao crescimento populacional no último século. Pouco mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo já não têm acesso a água limpa suficiente para suprir suas necessidades básicas diárias, disse Pasquale Steduto, diretor da unidade de gerenciamento dos recursos hídricos da FAO.

Segundo ele, mais de 2,5 bilhões não têm saneamento básico adequado. Steduto pediu maior esforços nacionais e internacionais para proteger os recursos hídricos do planeta.  A irrigação para cultivos agrícolas atualmente responde por mais de dois terços de toda a água retirada de lagos, rios e reservatórios subterrâneos. Em várias partes do mundo, agricultores que tentam produzir alimentos suficientes e obter renda também enfrentam estiagens sistemáticas e crescente competição por água.

O que os agricultores têm que fazer, diz a FAO, é armazenar mais água da chuva e reduzir o desperdício ao irrigar suas plantações. "A comunidade global tem conhecimentos para lidar com a escassez de água. O que é necessário é agir", afirma a agência das Nações Unidas.

E eu pergunto: O quê foi feito para prevenir esta escassez de água? Cidades como São Paulo e Rio de Janeiro estão captando água cada vez mais longe para suprir uma população que não para de crescer. Na verdade, a população paga o preço do consumo excessivo de grandes empresas que necessitam da água para fabricar seus produtos. A perfuração de poços artesianos particulares por parte de algumas indústrias causam grande impacto no subsolo, fazendo com que antigos mananciais sequem.

Vivemos num mundo em que a água se torna um desafio cada vez maior.

A cada ano, mais 80 milhões de pessoas clamam por seu direito aos recursos hídricos da Terra. Infelizmente, quase todos os 3 bilhões (ou mais) de habitantes que devem ser adicionados à população mundial no próximo meio século nascerão em países que já sofrem de escassez de água.

Já nos dias de hoje, muitas pessoas nesses países carecem do líquido para beber, satisfazer suas necessidades higiênicas e produzir alimentos. Numa economia mundial cada vez mais integrada, a escassez de água cruza fronteiras, podendo ser citado com exemplo o comércio internacional de grãos, onde são necessárias 1.000 toneladas de água para produzir 1 tonelada de grãos, sendo a importação de grãos a maneira mais eficiente para os países com déficit hídrico importarem água.

Calcula-se a exaustão anual dos aqüíferos em 160 bilhões de metros cúbicos ou 160 bilhões de toneladas.

Tomando-se uma base empírica de mil toneladas de água para produzir 1 tonelada de grãos, esses 160 bilhões de toneladas de déficit hídrico equivalem a 160 milhões de toneladas de grãos, ou metade da colheita dos Estados Unidos.

Os lençóis freáticos estão hoje caindo nas principais regiões produtoras de alimentos:
• a planície norte da China;
• o Punjab na Índia e
• o sul das Great Plains dos Estados Unidos, que faz do país o maior exportador mundial de grãos.


A extração excessiva é um fenômeno novo, em geral restrito a última metade do século.

Só após o desenvolvimento de bombas poderosas a diesel ou elétricas, tivemos a capacidade de extrair água dos aqüíferos com uma rapidez maior do que sua recarga pela chuva.

Além do crescimento populacional, a urbanização e a industrialização também ampliam a demanda pelo produto. Conforme a população rural, tradicionalmente dependente do poço da aldeia, muda-se para prédios residenciais urbanos com água encanada, o consumo de água residencial pode facilmente triplicar.

A industrialização consome ainda mais água que a urbanização. A afluência (concentração populacional), também, gera demanda adicional, à medida que as pessoas ascendem na cadeia alimentícia e passam a consumir mais carne bovina, suína, aves, ovos e laticínios, consomem mais grãos.

Se os governos dos países carentes de água não adotarem medidas urgentes para estabilizar a população e elevar a produtividade hídrica, a escassez de água em pouco tempo se transformará em falta de alimentos.

Estes governos não podem mais separar a política populacional do abastecimento de água.

Da mesma forma que o mundo voltou-se à elevação da produtividade da terra há meio século, quando as fronteiras agrícolas desapareceram, agora também deve voltar-se à elevação da produtividade hídrica.

O primeiro passo em direção a esse objetivo é eliminar os subsídios da água que incentivam a ineficiência.

O segundo passo é aumentar o preço da água, para refletir seu custo. A mudança para tecnologias, lavouras e formas de proteína animal mais eficientes em termos de economia de água proporciona um imenso potencial para a elevação da produtividade hídrica. Estas mudanças serão mais rápidas se o preço da água for mais representativo que seu valor.

Com esta conscientização cada vez mais crescente, cada nação vem se preparando ao longo do tempo para a valorização e valoração de seus recursos naturais.
0

Como Aumentar Suas Chances de Ganhar em Loterias

Postado por Denilson on segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 | 12:37

Olá pessoal! Tenho jogado em loterias algum tempo e estudado bastante o assunto. Jogar sem nenhuma estratégia e contar com a sorte ficará difícil de vocês ganharem alguma coisa efetiva nas loterias do Brasil. É claro que temos vários casos de pessoas que jogaram apenas 1 volante e conseguiram o premio máximo. Mas é muito raro. Muitos dos ganhadores que aparecem no site da Caixa, na verdade são representantes de grupos organizados que fazem muitas combinações para conseguir acertar nas loterias. Isso não quer dizer que são todos. Mas você perde muito dinheiro tentando jogar sozinho e sem nenhuma estratégia matemática.

Depois que vocês aprenderem algumas técnicas matemáticas, todas baseadas em estatísticas de jogos anteriores, verão que as chances irão melhorar muito. Todos os céticos sempre perguntam aos autores de postagens sobre loterias se já ganharam alguma coisa. No meu caso, comecei a utilizar a pouco tempo e antes disso nunca tinha feito 12 ou 13 pontos. Mas eu jogo pouco. No máximo 8 volantes combinados.  Os sites profissionais de apostas fazem combinações altas, levando em consideração fechamentos que realmente darão retorno.  Sempre ocorre premiações.

Você que gosta de apostar em jogos de loteria da Caixa Econômica e ainda não ganhou nenhum valor significativo, lhe convido a conhecer o site Net Sorte. 

Este site já fez várias pessoas em diversos Estados do Brasil ganharem valores significativos em apostas lotéricas.

Você irá utilizar online no conforto do seu lar incríveis fechamentos lotéricos simplificados e econômicos 100% fechados!

Acesse o site e confira:   http://www.netsorte.com.br/up-denilson42
Desejo a você muito sucesso prosperidade!
0

Dicas e Truques Para Aprender Qualquer Idioma

Postado por Denilson on terça-feira, 6 de janeiro de 2015 | 04:44

Começou o ano e você tem até o final de 2015 para falar fluentemente outro idioma. Vai encarar o desafio? Mas já se perguntou qual a necessidade de aprender outro idioma? Normalmente não conseguimos aprender nada daquilo em que não temos interesse ou necessidade. Agora junte os dois, interesse e necessidade, que certamente você conseguira. Além disso, você deve tomar a iniciativa e seguir com o aprendizado. Se você não tem por onde começar, acompanhe as dicas e truques abaixo e tome sua decisão. Acho que vou fazer o mesmo.


Matthew Youlden fala nove idiomas fluentemente e entende, pelo menos, mais de doze. Nós trabalhamos no mesmo escritório em Berlim, assim, frequentemente, eu o vejo em ação utilizando suas ferramentas, trocando de idioma como um camaleão muda de cor. Na verdade, por um bom tempo, eu sequer sabia que ele era britânico.

Quando eu contei ao Matthew a batalha que foi para eu aprender um segundo idioma, ele me deu os seguintes conselhos. Dessa forma, se você acreditar que você nunca poderá ser bilíngue, preste bem atenção nas próximas linhas!

SAIBA O PORQUÊ VOCÊ ESTÁ FAZENDO ISSO

Isso parece óbvio mas se você não tiver uma boa razão para aprender um idioma, haverá menos probalidade de você se manter motivado durante a longa caminhada. Querer impressionar falantes do inglês com o seu francês não é uma boa razão: já, querer conhecer um francês ou uma francesa no seu próprio idioma, é algo completamente diferente. Não interessa o seu motivo, uma vez que você decidiu aprender um idioma, é fundamental se manter firme em sua decisão: “Tudo bem, eu quero aprender esse idioma e, por isso, vou fazer tudo o que puder neste idioma, com este idioma e por esse idioma.”

MERGULHE DE CABEÇA

Então, você fez a promessa. E agora, como fica? Como continuar? Há uma maneira certa, um caminho apropriado para aprender? Matthew recomenda a abordagem máxima de 360°: não importa quais ferramentas você usar, é fundamental praticar seu novo idioma todos os dias. “Eu tenho uma tendência de querer absorver o máximo possível no início. Assim, se eu estou aprendendo algo eu mergulho no aprendizado e tento usar o que estou aprendendo sempre que posso e todos os dias. Conforme os dias passam, eu tento pensar, escrever e falar comigo mesmo neste idioma. Para mim é preciso colocar em prática aquilo que você está aprendendo - seja escrevendo um e-mail, falando sozinho, ouvindo música, ouvindo rádio. Envolver-se, mergulhar na nova cultura é extremamente importante.” Lembre-se, a melhor forma de falar um idioma é fazer com que as pessoas falem com você. Ser capaz de ter uma simples conversa com alguém é uma enorme recompensa para si mesmo. Atingir metas como essas no início, tornará mais fácil a tarefa de manter-se motivado e continuar praticando: “Eu sempre tenho em mente que o melhor caminho é adaptar o próprio jeito de pensar ao jeito de pensar daquele idioma. Obviamente, o falante do espanhol ou o falante do hebraíco ou o falante do holandês não possue somente uma forma única de pensar, mas a ideia é utilizar o idioma para criar o seu próprio mundo linguístico.”

ENCONTRE UM PARCEIRO

Matthew aprendeu vários idiomas junto com o seu irmão gêmeo Michael (eles decifraram o seu primeiro idioma estrangeiro, o grego, quando tinham apenas oito anos). Matthew e Michael ou os irmãos super-poliglotas, como eu gosto de chamá-los, ganharam seus superpoderes através de uma saudável rivalidade entre irmãos. “Nós estávamos sempre muito motivados e ainda estamos. Nós nos provocamos constantemente, praticamente empurramos um ao outro para conseguirmos chegar lá de verdade. Se ele percebe que estou conseguindo mais que ele, ele fica meio enciumado e tenta me alcançar (talvez porque ele seja meu irmão gêmeo) - e vice-versa.” Mesmo que você não tenha um irmão para viver sua aventura linguística, ter qualquer outro tipo de parceiro estimulará os dois a sempre se esforçarem um pouco mais e não deixar a bola cair: “Eu acho que essa é uma forma muito boa de aprender. Ter alguém com quem você possa falar é a ideia atrás do aprendizado de um idioma.”

CONCENTRE-SE NAQUILO QUE É IMPORTANTE

Se você fizer da conversação o seu objetivo desde o início, você provavelmente não ficará se perdendo nos livros didáticos. Assim, conversar com pessoas que falam esse idioma será a parte mais relevante do seu processo de aprendizado: “Você está aprendendo um idioma para ser capaz de usá-lo. Você não vai falá-lo consigo mesmo. O lado criativo de aprender um idioma, é realmente colocá-lo em uso em situações do dia a dia - seja escrevendo letras de música, conversando com pessoas ou usando-o quando você viaja para o exterior. Se bem que você não precisa, necessariamente, viajar para o exterior para usá-lo, você pode ir no restaurante grego ali na esquina e pedir em grego.”

DIVIRTA-SE COM O APRENDIZADO

Usar o seu novo idioma é, de qualquer forma, um ato criativo. Os irmãos super-poliglotas praticavam seu grego compondo e gravando músicas. Pense em algumas formas divertidas de praticar seu novo idioma: faça um programa de rádio com um amigo, desenhe histórias em quadrinhos, escreva poemas ou simplesmente fale, fale e fale o máximo que você puder. Se você não conseguir descobrir uma forma de se divertir com o seu novo idioma, é possível que você não esteja seguindo o passo número quatro.

VIRE CRIANÇA NOVAMENTE

Isto não quer dizer que você deva sair por aí gritando sem parar, tendo ataques de choro ou que você deva melecar seu cabelo com comida quando for a um restaurante, mas sim, que você deve tentar aprender do jeito que as crianças aprendem. A ideia de que crianças aprendem melhor do que adultos tem provado ser apenas um mito. Novas pesquisas não puderam encontrar uma ligação direta entre idade e habilidade para aprender. A chave para aprender tão rápido como as crianças deve estar simplesmente em agir, em certas situações, da mesma forma que elas agem: por exemplo, a espontaneidade em falar aquilo que lhes vem à cabeça, o jeito com que brincam com tudo, inclusive com o idioma e a inexistência de bloqueios. Crianças, normalmente, não têm medo de dizer bobagens na hora de falar. Nós aprendemos errando. No caso das crianças espera-se que elas cometam alguns erros, já no caso dos adultos, isso parece ser um tabu. Pense em como é mais fácil ouvir de uma pessoa adulta, “Eu não sei”, do que, “ Eu ainda não aprendi isso” (Eu não sei nadar, eu não sei dirigir, eu não sei falar espanhol). Ser visto errando (ou tentando acertar) é um tabu social que não atinge as crianças. Aprender um idioma admitindo que você não sabe tudo (e que isso não é um problema) é a chave para se desenvolver e ser livre. Assim, deixe pra lá suas inibições do mundo adulto!

SAIA DA SUA ZONA DE CONFORTO

Boa vontade para cometer erros significa estar preparado para se colocar em situações embaraçosas. Eu sei, isso pode dar um medo danado, mas é a única maneira de se desenvolver e progredir. Não interessa o quanto você aprende, você não vai conseguir falar um idioma sem se mostrar: fale com estrangeiros na sua língua materna, pergunte pelo caminho, peça a comida no restaurante, tente contar uma piada. Quanto mais vezes você fizer isso, maior se tornará a sua zona de conforto e ficará muito mais fácil se sair bem em novas situações: “No início, você vai encontrar dificuldade: talvez com a pronúncia, talvez com a gramática, a sintaxe, ou você não conseguirá realmente entender as palavras. Mas eu acho que o mais importante é estar sempre desenvolvendo essa sensibilidade. Todo falante nativo tem uma sensibilidade para a sua língua materna e isto é o que faz dele um falante nativo - a capacidade de fazer do idioma o seu próprio idioma.”

OUÇA COM ATENÇÃO

Para aprender a desenhar, você precisa primeiro aprender a olhar, a observar. Da mesma forma, você precisa primeiro aprender a escutar para depois aprender a falar. O som de qualquer idioma parece meio estranho quando você o escuta pela primeira vez. Assim, quanto mais contato você tiver com esse idioma melhor. Os sons se tornarão cada vez mais familiares e, assim, será mais fácil falá-lo corretamente:

“ Nós somos capazes de pronunciar qualquer coisa, nós só não estamos acostumados a fazer isso. Por exemplo, o “r” rolado não existe na minha forma do inglês. Quado eu estava aprendendo espanhol havia palavras com esse “r” duro como em perro e reunión. Para mim, a melhor forma de lidar com a situação era ouvir constantemente e visualizá-lo ou imaginar como ele deveria ser pronunciado, pois para cada som há uma parte específica da boca e da garganta que nós usamos para conseguirmos produzir aquele som.”

OBSERVE AS PESSOAS FALAREM

Idiomas diferentes exigem diferentes movimentos da sua língua, lábios e garganta. A pronúncia é muito mais um processo físico do que mental. “Uma forma de treino - e isso pode parecer bem estranho - é realmente olhar uma pessoa enquanto ela está pronunciando aquele som que você não consegue produzir e tentar imitar esse som o máximo de vezes que você puder. Confie em mim, vai parecer ser bem difícil no começo, mas você vai conseguir. Na verdade, pronúncia é algo bem fácil de ser feito corretamente; você só precisa treinar.” Se você não pode observar um falante nativo ao vivo e a cores, assistir filmes estrangeiros ou televisão pode ser um bom substituto.

FALE SOZINHO

Não há problema algum em falar sozinho quando você não tem ninguém para conversar. “Isso pode parecer muito estranho mas, na verdade, falar sozinho no idioma é uma forma excelente de praticá-lo se você não pode utilizá-lo o tempo todo.” Esse método pode manter novas frases e palavras na sua mente e ajudá-lo a melhorar sua confiança na próxima vez que você conversar com alguém.

RELAXE!

Você não chateará as pessoas se não falar bem o idioma delas. Se você começar uma conversa dizendo “Eu estou aprendendo e gostaria de praticar…”, a maioria das pessoas será paciente, encorajando você e sentido-se feliz em ajudar. Além disso, há aproximadamente um bilhão de falantes do inglês não-nativos no mundo todo, a maioria deles preferiria falar o seu próprio idioma se pudesse escolher. Tomar a iniciativa para entrar no mundo linguístico de alguém pode deixá-lo à vontade e fazer com que todos se sintam bem: “Com certeza, você pode viajar para o exterior falando seu próprio idioma mas você aproveitará muito mais se puder realmente se sentir à vontade no lugar onde está - conseguindo se comunicar, entender, interagir em todo tipo de situação que você possa imaginar.”

MAS QUAL É O SENTIDO?

Nós demos uma introdução em COMO começar a aprender um idioma mas talvez você ainda esteja pensando em PORQUE aprendê-lo? Matthew tem uma última observação a esse respeito: “Eu acho que cada idioma revela uma forma de ver o mundo. Se você fala um determinado idioma, você terá uma forma diferente de analisar e interpretar o mundo da do falante de um outro idioma. Até mesmo idiomas que são bem próximos como espanhol e português, que podem ser considerados mutuamente inteligíveis, são da mesma forma dois mundos diferentes - duas mentalidades diferentes. Por isso, depois de ter aprendido outros idiomas e de estar cercado por outros idiomas , eu não poderia renunciar a qualquer um deles pois eu estaria renunciando a possibilidade de ver o mundo de formas diferentes. Não somente de uma forma, mas de diferentes formas. O estilo de vida monolingual para mim, é muito triste, muito só, é uma forma mais chata de ver o mundo. Há tantas vantagens em aprender um idioma; eu realmente não consigo achar nenhuma outra razão para não fazer isso.”

Fonte: youtube e http://pt.babbel.com
0

Receitas Para o Reveillon - Última Hora

Postado por Denilson on quarta-feira, 31 de dezembro de 2014 | 06:22

Você não queria fazer nada demais e na última hora, vendo toda a empolgação de fim de ano, resolveu preparar alguma coisa. E agora? Mercados cheios, filas enormes nos caixas, o quê fazer? Dando uma olhada rápida na internet percebi que há muitas pessoas nessa situação, procurando alguma receita para fazer e que seja rápida e fácil. Vamos então as dicas abaixo e quem sabe você resolva seu problema para a festa a noite.

Insalata Mista Com Tonno


O nome em italiano faz parecer algo bem complicado, mas a receita do chef Gustavo De Angelis, do restaurante Andiamo, é bem fácil de preparar. Você pode ousar na escolha das folhas, mas o grande toque mesmo vem na hora de montar o prato. Capriche na colocação dos ingredientes para que o resultado deixe sua mesa mais bonita!

Ingredientes

Salada

  • Alface americana: ½ pé pequeno, limpo e cortado em tiras de 2 cm

  • Alface crespa: 1/4 de pé pequeno, limpo e cortado em tiras de 2 cm

  • Rúcula baby: 1/4 de pé pequeno, limpo e cortado em tiras de 2 cm

  • Tomate-caqui: 1 unidade cortada em meias-luas

  • Cebola: 1/4 de unidade fatiada em rodelas

  • Atum: 1/2 lata

  • Azeitona preta: 4 unidades

  • Palmito: 2 unidades grandes
Molho

  • Aceto: 1/2 xícara (chá)

  • Azeite: 1 1/2 xícara (chá)
Modo de Preparo

1. Monte uma coroa intercalando palmitos cortados em rodelas e tomates.
2. Disponha as folhas misturadas em cima, depois o atum e a cebola. Por último, acrescente as azeitonas.
3. Misture o azeite e o aceto e despeje sobre a salada.

Arroz de festa 


Apesar de super fácil de fazer, a receita da chef Anouk Rosa causa uma ótima impressão na ceia. O arroz basmati tem um leve toque de especiarias que é acentuado pela canela e o anis, ou seja, combina perfeitamente com ceias.


Ingredientes

Você vai precisar de:
  • Arroz basmati: 400 g
  • Alho: 2 dentes
  • Água
  • Curry: 1 colher (chá)
  • Nozes: 2 xícaras (chá)
  • Manteiga: 1 colher (sopa)
  • Azeite: 1 colher (sopa)
  • Anis-estrelado: 1 unidade
  • Canela em pau: 1 unidade
  • Sal
Modo de preparo

  • Refogue o alho com o azeite e sal a gosto. Incorpore o arroz e coloque a água até que passe um 1 cm acima do arroz. Coloque o anis-estrelado e a canela em pau para que ferva junto. Após o arroz secar, retire a canela e o anis e desligue o fogo.
  • Refogue a manteiga com o curry e as nozes picadas grosseiramente. Misture o arroz e sirva em seguida.
Salmão ao molho de gengibre 


1. Um prato principal simples, mas que dá charme à sua ceia, a receita de salmão ao molho de gengibre é prática e fácil de fazer. Como o peixe fica pronto em poucos minutos, é uma opção para quem não teve tempo de elaborar o jantar.

2. “Inclusive, é preciso prestar atenção ao tempo de preparo. Se o peixe cozinhar demais, perde sua textura”, alerta a chefe Vanda Rittman. Apesar de combinar perfeitamente com o salmão, o molho de gengibre vai bem também com robalo, linguado e saint peter preparados da mesma forma. 

Ingredientes

Salmão
  • Salmão: 300 g em postas
  • Alecrim fresco: 1 ramo
  • Azeite extravirgem: 1 colher (sopa)
  • Alho: 1 dente picado
  • Sal
  • Pimenta: vermelha, calabresa, negra e branca mescladas
  • Noz-moscada
Molho
  • Água mineral: 100 ml
  • Gengibre ralado: 2 colheres (sobremesa)
  • Suco de limão: 50 ml
  • Gelatina incolor: 1 colher (sopa)
  • Mel: 1 colher (sopa)
 Modo de preparo

Salmão
Tempere o salmão com os ingredientes sugeridos e envolva em papel-alumínio. Leve ao forno, preaquecido, em temperatura média por 10 minutos. 
 
Molho
Misture a água, o gengibre, limão e mel em uma panela e leve ao fogo, mexendo até começar a ferver. Desligue e acrescente a gelatina. Mexa até ganhar consistência e sirva ainda quente, sobre o peixe. 
 
Fonte: http://goo.gl/WUIKPH
0

Estrada Real - Dicas Para Férias Cheias de Histórias e Sabores

Postado por Denilson on terça-feira, 30 de dezembro de 2014 | 04:00

Rota que vai de Belo Horizonte a Brumadinho, passando pelas cidades históricas de Minas Gerais, encanta por suas construções barrocas e pela tradicional comida típica da região. Mas ainda há mais: paisagens cheias de verde, artesanato com personalidade e a famosa hospitalidade mineira completam a lista de atributos desse roteiro.





A escolha do período da viagem vai depender de quanto o turista quer desembolsar. Nos períodos de férias escolares e em feriados religiosos, sobretudo na Páscoa, quando há belas celebrações nas cidades do roteiro, os preços costumam subir muito. Quem planeja a viagem para o Carnaval deve saber que as cidades históricas de Minas também são conhecidas pela animada festa de rua. Por isso, os hotéis são concorridos nessa época. Fora desses períodos os preços costumam ser camaradas.



O ponto de partida desse tour, ideal para quem gosta de arte, arquitetura e história, é Belo Horizonte, uma metrópole com acento caipira. Comece o passeio pela região da Lagoa da Pampulha, uma das áreas mais belas da capital mineira.

Às suas margens está o Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego (Avenida Otacílio Negrão de Lima, 6.061, tel: (31) 3277-7439. Aberto somente às sextas, sábados, domingos e feriados. Entrada gratuita). Na mesma área ainda estão outros cartões-postais de BH assinados por Oscar Niemeyer, autor de todo o projeto da região que recebeu o nome de Conjunto Arquitetônico da Pampulha.

Por isso, não deixe de visitar o Museu de Arte da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, 16.585, tel: (31) 3277-7946, fecha às segundas. Entrada gratuita), que abriga um acervo de 900 obras e tem jardins projetados por Burle Marx, e a Igreja de São Francisco de Assis (Av. Otacílio Negrão de Lima, 3.000, tel: (31) 3427-1644, fecha às segundas-feiras. Entrada R$ 2 por pessoa), conhecida por suas curvas e cores.

Também não deixe de passar na Praça Israel Pinheiro (Av. Agulhas Negras, s/n º, Mangabeiras), mais conhecida como Praça do Papa por ter recebido uma missa campal celebrada pelo papa João Paulo II, em 1980. De lá é possível avistar toda a cidade.

Para provar alguns dos sabores de Minas, uma alternativa interessante é fazer o Cachaçatur, iniciativa da Secretaria de Turismo local para promover os produtos regionais. Para escolher em quais lojas e bares você irá provar uma branquinha, basta acessar o site do projeto. O clima gastronômico continua no Mercado Central (Avenida Augusto de Lima, 744, tel: (31) 3274-9434), perfeito para quem quer abastecer as malas. Se a ideia é petiscar, ali também é o lugar: encontre uma cadeira em um dos 14 botecos do espaço e prove um bom queijo mineiro.

Rumo às cidades históricas
Prefeitura de Sabara
 O casario histórico no centro de Sabará inspira artistas de todo tipo.  A viagem segue pelo interior de Minas, mais especificamente, por Sabará, já parte da famosa Estrada Real, caminho aberto pela Coroa Portuguesa para levar o ouro de Minas até o Rio de Janeiro. O passeio por lá começa na Capela Nossa Senhora do Ó (Lg. N. S. do Ó, saída p/ Caeté, km 3, Siderúrgica, tel: (31) 3671-1724. Entrada a R$ 2 por pessoa), considerada uma das representações mais ricas do barroco em Minas.

A cidade conserva casario histórico e também é cheia de tradições. Uma delas é a delicada renda turca de bicos, patrimônio cultural imaterial do município, feita à mão pelas artesãs da região. Um dos locais onde é possível encontrar trabalhos dos artistas de lá é o Cooperartes (Rua Mestre Arcanjo, 129, Centro Histórico, ao lado da Igreja do Rosário, tel: (31) 3671-4694). Os jogos de toalha de banho com detalhes em renda custam a partir de R$ 96. Nos restaurantes, procure os pratos feitos com ora-pro-nobis, uma planta rica em ferro muito usada por lá (até mesmo nos doces).

A próxima parada é mais uma joia da estrada real. Além de ter belos exemplares do barroco por suas ruas, Santa Bárbara é a cidade mais próxima do Santuário do Caraça (tel: (31) 3837-1939, patrimônio natural e histórico). No espaço, a 26 km da cidade, estão trilhas, cachoeiras e construções que abrigaram uma escola e um seminário no século 18. Para chegar até lá é preciso pegar a estrada sentido Barão de Cocais e seguir as indicações para o santuário. O turista também pode se hospedar por lá. As diárias começam em R$ 60 por pessoa e incluem pensão completa.

Ao voltar para a área urbana da cidade, não deixe de passear pelo centro histórico, onde está a Igreja Matriz de Santo Antônio (Pça. Cleves de Faria, 48, tel. (31) 3832-1264. Visita gratuita, todos os dias, das 13h às 17h), cheia de entalhes cobertos de ouro. O giro por tesouros arquitetônicos continua em Mariana, próxima parada do roteiro. Ali, o melhor programa é caminhar pela Rua Direita, repleta de construções coloniais que serviram de residência para autoridades da época.

Uma boa opção de passeio é um tour por uma antiga mina da região. A Mina de Ouro da Passagem (R. Eugênio Eduardo Rapallo, 192, Passagem de Mariana, tel. (31) 3557-5000; Ingresso a R$ 26), desativada desde 1985, pode ser explorada em uma vagoneta que corre sobre os trilhos. Por seus túneis é possível observar grandes galerias e um lago.

Beleza confirmada pela Unesco

A igreja de São Francisco de Assis destaca-se na paisagem de Ouro Preto. Depois do passeio subterrâneo, é hora de ir para uma das cidades mais famosas da rota. Ouro Preto, que no passado chegou a ser capital de Minas Gerais, exibe um conjunto arquitetônico declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

O ponto alto do passeio pelas ladeiras é a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar (Pça. Mons. Castilho Barbosa, travessa Lauro Barbosa, 16, centro histórico, tel: (31) 3551-4735, entrada a R$ 8), que guarda 400 kg de ouro e possui seis altares laterais. No subsolo ainda pode-se visitar o Museu de Arte Sacra. Outra parada obrigatória é a Igreja de São Francisco de Assis (Lg. de Coimbra, s /n., centro histórico, tel: (31) 3551-4661, entrada a R$ 8), projetada por Aleijadinho e considerada a principal obra da arquitetura colonial mineira. Atente para o forro no alto da construção, que levou mais de dez anos para ser pintado. O espaço também abriga o Museu Aleijadinho, com peças de arte sacra produzidas por vários artistas da região.

As belezas de Ouro Preto preparam para as atrações da próxima cidade do tour. Em Congonhas você irá encontrar o Conjunto Basílica do Senhor do Bom Jesus de Matosinhos (Pça. da Basílica, 180, tel: (31) 3731-1590, entrada gratuita), composto por estátuas dos 12 profetas em pedra-sabão e seis capelas que ilustram os passos da Paixão de Cristo. O restante da cidade, no entanto, é pouco preservado.


A Maria-Fumaça liga Tiradentes e São João Del Rei
A sequência de arte sacra continua na pequena Tiradentes. Ali, a Igreja Matriz de Santo Antônio (Rua da Câmara com a Rua Padre Toledo, centro, tel. (32) 3355-1238, visita a R$ 5) está entre os destaques. Construída voltada para a Serra de São José, ostenta lustres de prata e altar rico em ouro. A visita pode ficar mais interessante se o viajante optar por fazer o noturno Roteiro Narrado, que conta a história da igreja com jogos de luz e um texto de 16 minutos, gravado pelo ator Paulo Goulart (de sexta-feira a domingo, às 20h, por R$ 15).

Durante o dia, vale a pena investir no passeio de trem até São João del Rei (Av. Ermílio Alves, 366, Centro, tel: (32) 3371-8485), que parte da estação da cidade e percorre 12 km em 40 minutos. As saídas ocorrem de sexta a domingo às 13h e 17h, mas são ampliadas nos meses de férias. O roteiro completo (ida e volta) custa de R$ 50. Apenas um trecho sai por R$ 40. Recomenda-se comprar o bilhete com um dia de antecedência.

Quem não resistir aos encantos de São João del Rei pode ficar por lá mesmo. E se quiser dar um tempo no roteiro histórico, uma boa pedida é ir até a Gruta Casa de Pedra (acesso pelo km 250 da BR-265 p/ São João del Rei, 7 km, perto do trevo de Tiradentes. Tel: (32) 8813-9894. Visita guiada por R$ 10). O passeio por lá leva meia hora e revela formações calcárias e salões. Mas não deixe de bater perna pelas imediações da rua Getúlio Vargas, repleta de casarões.


Em Brumadinho, o Instituto Inhotim reserva o melhor da arte contemporânea
A viagem se encerra em Brumadinho, cidade que abriga o impressionante Instituto Inhotim (Rua B, 20, Inhotim, Brumadinho, tel: (31) 3254-5440; Ingresso: R$ 20. Sexta, sab. e dom.: R$ 30. Grátis às terças-feiras). Dedicado às artes, o espaço guarda 22 pavilhões com obras de artistas de mais de 30 países, tudo isso entrecortado por belos jardins planejados e lagos. Entre os nomes de destaque que têm peças ali estão Cildo Meireles, Hélio Oiticica, Adriana Varejão, Chris Burden e Matthew Barney.
Para conhecer tudo com calma recomenda-se ficar dois dias na cidade. Também é possível comprar um passe (R$ 20 por pessoa) para usar um carrinho que leva às obras mais distantes.

Fonte: Viajante pelo mundo
0

Dicas de Saúde e Beleza - Aprenda a Se Cuidar

Postado por Denilson on segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 | 15:18

Não existe beleza sem saúde, e é claro que, saúde interessa muito mais. Acredito que a maioria das pessoas sabem com viver bem e melhor, porém influenciadas pelos amigos, pela ocasião e o lugar, acabam por trilhar caminhos que não são nada saudáveis. Fim de ano por exemplo é uma ocasião de cometer excessos em relação a alimentação e bebidas em exagero. O resultado sempre é devastador para sua saúde. 101 dicas de saúde e beleza.


Ser bonito e saudável não é função apenas de uma herança genética privilegiada: você pode fazer muito pela sua saúde e beleza através de suas ações. Cultivar hábitos saudáveis e cuidar ativamente de sua beleza é o segredo para termos uma vida melhor. Aqui você encontrará 101 dicas de beleza e saúde, nas mais diversas categorias. As dicas variam desde as mais essenciais (aquelas que já sabemos, mas que não custa sermos lembradas de vez em quando), até as dicas mais “avançadas”. Enfim, independente do quanto você já cuide de sua beleza e de sua saúde, você certamente encontrará aqui formas de melhorar ainda mais.

Download: http://goo.gl/68sHHM
0

Radar da Policia Rodoviária Federal

Postado por Denilson on segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 | 12:57

Ao invés de tomar cuidado com o radar, vocês motoristas devem tomar cuidado com vida de vocês. Acima de 140 Km/h é uma velocidade para se chegar bem rapidinho, no cemitério. Cheguem 1 hora depois ou mais, mas cheguem. No vídeo apresentando abaixo você verá que vai ser fácil aplicar uma multa nesse final de ano. Se você conseguir ver a multa chegar é porque vai estar vivo. Então respeite os limites das estradas porque não é somente a sua vida que estará em risco, mas a de outros motoristas que andam conforme a Lei.


video
0

Os Números de Mortes por Raios no Brasil

Postado por Denilson on segunda-feira, 1 de dezembro de 2014 | 04:01

Quantas pessoas morrem por ano no Brasil devido a queda de raios? Como se proteger efetivamente? Os números nos surpreendem. A maior parte das mortes no Brasil ocorrem na zona rural, mas há casos também na zona urbana, no litoral e em rodovias. A cada 50 mortes por raio no mundo, uma acontece no Brasil. Ano passado morreram 88 pessoas por causa de queda de raios, contra 84 até o momento aqui no Brasil. No mês de novembro três pessoas morreram após serem atingidas por um raio na Zona Leste de São Paulo. Os três homens cometeram um erro ao tentarem se esconderem da chuva debaixo de uma árvore. Entre as medidas para se protegerem de raios, árvores são totalmente contra indicados. Campos abertos, praias também são lugares perigosos e contra indicados. 


Cerca de 50 milhões de raios caem no Brasil por ano, matando mais que enchentes e deslizamentos. Eles atingem, em sua maioria, pessoas na zona rural.  Segundo estudo do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o número de dias com tempestades aumentou quase 80% no último século. Por isso, alguns cuidados são essenciais no campo.

Apesar da descarga sem tão forte, há inúmeros casos de pessoas que sobreviveram à queda de raios. Entre tantos casos de sobreviventes, o que mais chama a atenção é da  criadora de gado de leite Elizete Nogueira Fonseca, que já resistiu a duas descargas elétricas vindas do céu. Apesar disso, tem que se proteger conforme recomendações, pois uma terceira vez pode não existir para contar história. 

Segundo o engenheiro do Inpe, Osmar Pinto Júnior, com o crescimento das cidades, as tempestades vieram juntas. “A urbanização altera o clima e favorece a formação de tempestades e, com mais tempestades, mais raios. Há dois motivos para isso: as grandes cidades, ao substituir a vegetação da superfície por asfalto, fazem com que a  superfície aqueça mais e isso aquece o ar. Isso é chamado ilha de calor. Outro motivo é a poluição dos automóveis que aquece o ar nas grandes cidades e joga na atmosfera partículas que facilitam a formação das tempestades”.

Quanto mais alto sobem as nuvens, mais fria é a temperatura. Em certo momento, a água congela e as partículas de gelo batem umas nas outras, ficam carregadas de eletricidade, dando origem ao raio. A posição do Brasil no globo terrestre é o que favorece a formação de tantas tempestades por aqui. Isso porque grande parte do seu território está na chamada zona tropical, área de calor intenso e alta umidade, a combinação perfeita para colocar o país em primeiro lugar no ranking mundial de ocorrências de raios. Em segundo lugar vem o Congo, com 43,2 milhões de raios por ano e, em terceiro, os Estado Unidos, com 35 milhões por ano.

Como se proteger

Os raios podem ser perigosos. Quando raios estão caindo próximo, você esta sujeito a ser atingido diretamente por eles. A chance de uma pessoa ser atingida por um raio é algo em torno de 1 para 1 milhão. Entretanto, a maioria das mortes e ferimentos não são devido a incidência direta e sim a efeitos indiretos associados a incidências próximas ou efeitos secundários dos raios e efeitos secundários normalmente associados com incêndios ou queda de linhas de energia induzidos por descargas que venham a atingir uma pessoa.       


Se possível, não saia para a rua ou não permaneça na rua durante tempestades, a não ser que seja absolutamente necessário. Nestes casos, procure abrigo nos seguintes lugares: carros não conversíveis, ônibus ou outros veículos metálicos não conversíveis; em moradias ou prédios, de preferência que possuam proteção contra raios; em abrigos subterrâneos, tais como metrôs ou túneis; em grandes construções com estruturas metálicas; em barcos ou navios metálicos fechados; e finalmente em desfiladeiros ou vales. Se estiver dentro de casa, evite: usar telefone, a não ser que seja sem fio; ficar próximo de tomadas e canos, janelas e portas metálicas; tocar em qualquer equipamento elétrico ligado a rede elétrica. Se estiver na rua, evite: segurar objetos metálicos longos, tais como varas de pesca, tripés e tacos de golfe; empinar pipas e aeromodelos com fio; andar a cavalo; nadar; e ficar em grupos.       

Se possível, evite os seguintes lugares que possam oferecer pouca ou nenhuma proteção contra raios: pequenas construções não protegidas, tais como celeiros, tendas ou barracos; veículos sem capota, tais como tratores, motocicletas ou bicicletas; estacionar próximo à árvores ou linhas de energia elétrica.       

Se possível, evite também certos locais que são extremamente perigosos durante uma tempestade, tais como: topos de morros ou cordilheiras; topos de prédios; áreas abertas, campos de futebol ou golfe; estacionamentos abertos e quadras de tênis; proximidade de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas, trilhos e árvores isoladas; estruturas altas, tais como torres, linhas telefônicas e linhas de energia elétrica.       

Se você estiver em um local sem um abrigo próximo e sentir seus pêlos arrepiados ou sua pele coçar, indicando que um raio esta prestes a cair, ajoelhe-se e curve-se para a frente, colocando suas mãos nos joelhos e sua cabeça entre eles. Não deite-se no chão. Maiores detalhes podem ser encontrados no site do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) no endereço www.cea.inpe.br/elat. 

Fonte: g1, Inpe, google.
0

Aprenda Os Segredos de Como Encontrar e Conquistar o Homem dos Seus Sonhos

Postado por Denilson on sexta-feira, 7 de novembro de 2014 | 13:46

Você gostaria de ter um homem decente? Um homem que trate você com respeito? Seja carinhoso? Queira estar com você? Ame você de verdade? Que lhe dê atenção?  Você flerta com ele, tem uma conversa maravilhosa, e no final da noite ele está morrendo de vontade de pagar a conta e pegar o seu telefone... se não mais! E depois você sai com ele, uma, duas vezes e não era nada daquilo que você pensava... era apenas mais um...


Encontrar o homem certo para você, pode parecer impossível, mas a solução está na sua frente.como conquistar um amor

A melhor parte, não interessa a sua aparência ou quanta experiência você tem, se mostrar os sinais que ele está procurando, será capaz de atraí-lo, flertar, e seduzir o homem que você quiser! E melhor ter um homem que queira COMPROMISSO!

Agora, se você faz parte das milhares de mulheres que encontraram este site, você provavelmente só encontra homens que não tem nada a ver com você, homens mal educados, grosseiros e vários destes tipos horríveis.

...e se você conhecer um homem e começar a conversar, e você não sabe como agradá-lo ou fazé-lo pensar... em como você é a pessoa certa para ele!

Você se sente como se não tivesse sorte quando conhece alguém, enquanto outras mulheres não parecem sofrer do mesmo problema, têm uma fila de homens para sair e poder escolher um homem que REALMENTE ame elas.

Afinal, o que elas sabem que as outras mulheres não?

Bem, para começar, elas têm MUITA auto-estima. Elas sabem como conseguir o que querem e não tem medo de rejeição.

O mais importante, elas aprenderam:

  •     Como se comporta na frente dos homens
  •     Como fazer os homens fantasiarem com elas
  •     Como fazer que eles façam o que elas querem, se nem saber o porque
  •     e sabem, como não se incomodar, com o que deixam as outras mulheres malucas
0

Novidade no WhatsApp - Agora Avisa Quando Usuário Vê Mensagem

Nada de mais, mas muitos usuários não aprovaram a novidade. Nesta quarta-feira (5), o WhatsApp passou a sinalizar em suas conversas quando um usuário visualiza uma mensagem  recebida. Antes, o aplicativo exibida apenas um indicativo de que o conteúdo havia sido entregue, mas não confirmava a visualização.
Agora, após enviar a mensagem enquanto a mesma não é entregue, é exibido apenas um tracinho. Quando a mensagem é entregue, os dois tracinhos ficam cinzas. Quando um usuário visualiza uma mensagem recebida, os dois tracinhos que aparecem junto ao texto enviado ficam azuis.


Embora a proposta seja rejeitada por alguns usuários, ela chega para acabar com uma controvérsia. Até hoje, muita gente ainda se confundia com os significados dos sinais utilizados pelo aplicativo e acreditava que, quando eram exibidos os dois tracinhos, o destinatário havia visualizado a mensagem. Essa situação também vale para Grupos do Whatsapp, para isso o usuário que enviou deve segurar a mensagem me esperar aparecer a opção Info e ver quem já leu a mensagem e quem apenas recebeu a mensagem mas ainda não leu a mesma. Ainda não houve atualização para desativar esta novidade, porém alguns sites na internet ensinam como burlar esta atualização.

Fonte:http://goo.gl/3T2zPJ
0

Como Tratar a Queda de Cabelos em Mulheres

Dicas para mulheres com queda de cabelos, apresentadas por dermatologistas.  Pode causar espanto, mas os dermatologistas garantem que a calvície feminina é um problema comum. O transtorno, que será debatido no 65° Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que acontece neste fim de semana no Rio, tem as causas mais diversas. Entre as mais comuns estão as mudanças hormonais, a genética e distúrbios como a anemia e o hipotireoidismo. Segundo o dermatologista Marcio Rutowitsch, chefe do setor de dermatologia no Hospital dos Servidores do Estado, cerca de 30% das mulheres com 50 anos têm algum grau de calvície. É preciso ficar atento aos sinais, já que a queda de cabelo no sexo feminino costuma ser diferente da no masculino.


- São raras as mulheres que ficam completamente carecas. O que acontece é um afinamento progressivo, geralmente a partir dos 30 anos - explica Rutowitsch.

O dermatologista Celso Tavares Sodré, professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), alerta que as mulheres devem ficar atentas a alguns sinais especiais, já que, todo dia, as pessoas perdem cerca de 100 fios. Essa perda só preocupa se os fios começam a se acumular no ralo da pia ou do chuveiro, na escova, nas roupas ou no travesseiro. Quando todo o cabelo fica mais ralo, caem tufos ou há um afinamento onde os fios são repartidos, é hora de procurar um médico. Os tratamentos respondem melhor quando a calvície está em fase inicial e vai variar de acordo com o tipo de queda. Para um diagnóstico completo, os médicos costumam recomendar exames clínicos e laboratoriais, como o tricograma (análise dos fios). Em alguns casos, é necessário fazer a biópsia do couro cabeludo.

Um dos tipos mais comuns de queda de cabelo é o eflúvio telógeno, caracterizado pela diminuição dos fios em toda a cabeça. A queda pode ser aguda ou crônica e geralmente é causada por febres altas, dengue, anemias (causadas por menstruações intensas ou deficiências nutricionais), dietas radicais, medicamentos e no pós-parto.

- Doenças endocrinológicas, como as da tireoide, e estresses importantes também podem fazer o cabelo cair. Em geral, o distúrbio se resolve espontaneamente ou em até seis meses quando a causa é corrigida - afirma Sodré.

Outra causa comum é a alopecia androgenética - a calvície hereditária - que chega a atingir uma em cada cinco mulheres, de acordo com a Academia Americana de Dermatologia, nos Estados Unidos. Rutowitsch explica que, nesses casos, os fios da linha da testa são preservados e a mulher não ganha 'entradas', mas o cabelo da parte de trás e no alto da cabeça vai ficando mais ralo. A predisposição genética é que vai determinar o grau de queda, mas o excesso de hormônios masculinos, muitas vezes elevados por problemas no ovário ou nas glândulas suprarrenal e hipófise, pode contribuir para o seu agravamento.

Foi o que aconteceu com a organizadora de eventos Julia Andrade, de 29 anos, que passou quase um ano lutando contra a rarefação dos fios. A culpa era da síndrome dos ovários policísticos, que causou alterações significativas em sua taxa de testosterona.

- Primeiro meus fios ficaram absurdamente oleosos e depois começaram a cair. Só que a queda foi lenta e demorei a perceber o problema. Achei que era por causa do excesso de secador, tintura e chapinha. Também fiz besteira porque passei meses tentando resolver o problema com cabeleireiros. Só quando comecei a tomar anticoncepcionais é que os fios voltaram ao normal.

Tanto Rutowitsch como Celso Sodré alertam que, raramente, penteados, escovas, chapinhas e tinturas fazem o cabelo cair.

- Em geral, esses procedimentos provocam a quebra do cabelo, mas quase nunca vão provocar a queda. Mas a tração continuada de alguns processos, como os alisamentos e os penteados afros, podem provocar a pedra definitiva dos fios - alerta Sodré.

Tratamento com boa taxa de sucesso

Muitos tratamentos usados para combater a calvície masculina não podem ser feitos por mulheres, já que eles agem diretamente nos hormônios. Dependendo do caso, Celso Sodré recomenda medicamentos por via oral ou tópica que antagonizem a ação dos hormônios masculinos.

- Os resultados são variáveis. Em geral, conseguimos a diminuição, a estabilização ou mesmo a reversão parcial do processo. Na calvície, os resultados demoram no mínimo seis meses para serem observados e o tratamento é para sempre.

Além dos medicamentos combinados, Rutowitsch aposta em alguns nutracêuticos herbais, que também podem ter ação nos hormônios que estimulam a queda. Outra opção é a terapia capilar feita com o LED vermelho, que tem ação anti-inflamatória. O laser também pode ajudar, mas os dermatologistas alertam que ainda faltam estudos que comprovem a eficácia da terapia.

Já mudar a dieta, se a queda não for de origem nutricional, provavelmente não vai ajudar em nada.

- Caso seja identificada a carência ou o excesso de algum elemento dietético, a mudança pode ajudar. No caso da calvície, não vai ter nenhum efeito - completa Sodré.

Fonte: http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/dermatologistas-ensinam-como-tratar-queda-de-cabelo-em-mulheres-2956540#ixzz3IPgQm8gu

0

The Stones in the Park July 5 1969 - Video Excelente

Postado por Denilson on quinta-feira, 6 de novembro de 2014 | 13:11

Nunca houve um concerto como este. Era dia 5 de julho de 1969, dois dias depois da trágica morte do guitarrista inglês Brian Jones. Na ocasião, os Rolling Stones aproveitaram para apresentar o substituto de Jones, o virtuoso Mick Taylor.  Cerca de quinhentas mil pessoas foram ao Hyde Park para assistir os Rolling Stones. Mick Jagger (vocal), Charlie Watts (bateria), Bill Wyman (baixo), Keith Richards (guitarra) e também Taylor tocaram alguns dos maiores sucessos da banda. O show foi registrado pela equipe da TV granada.

Lewis Brian Hopkin Jones, o Brian Jones, que cultivava uma imagem mod, guitarrista, multi-instrumentista, fundador da legendária banda The Rolling Stones – nome escolhido por ele -, era quem criava, quem trazia influências exóticas para a sonoridade da banda até pouco antes de sua morte. Nascido em 28 de fevereiro de 1942, foi protagonista de uma morte cercada de violência e mistério.



Fonte: youtube, wikipedia..
0

Desdobramento Para Lotomania Com 80 Dezenas Fechando os 18 Pontos

Postado por Denilson on sexta-feira, 24 de outubro de 2014 | 14:16

Quem não sonha um dia ganhar em qualquer loterias dessas que existem por ai. Com muita matemática e dicas importantes, é possível aumentar suas chances de ganhar alguma coisa. Antes de fazer qualquer aposta utilizando a planilha abaixo, é preciso entender tudo direitinho. A planilha garante até 95% do fechamento dos 18 números, caso você acerte os 20 números sorteados nas 80 dezenas que você escolheu. Que estes números fique bem claro. A planilha irá gerar 130 jogos para você, realizando as combinações possíveis. Atualmente, você terá que gastar 195 reais para fazer todas estas apostas na Lotomania. 


Desdobramento para a Lotomania com 80 dezenas fechando os 18 pontos
Neste desdobramento vamos utilizar 80 dezenas da Lotomania em 130 jogos fechando os 18 pontos.

Este esquema é bom pra fazer um bolão com os amigos ou familiares e assim melhorar as chances de fazer uma boa premiação, ou então ate mesmo jogar sozinho.

Este esquema ira fechar em 95% os 18 pontos em caso de acerto das 20 sorteadas entre as 80 dezenas escolhidas.

Veja na imagem abaixo a formação da matriz.

                          
Este esquema fecha em 95% os 18 pontos em caso de acerto das 20 sorteadas entre as 80 dezenas escolhidas para o desdobramento, e aumenta as chances de fazer 19 e 20 pontos.

Link da planilha: http://goo.gl/u0CASP
0

KC-390 Produzida Para a FAB - Aeronave Brasileira

Postado por Denilson on quinta-feira, 23 de outubro de 2014 | 13:28

Gavião Peixoto (SP), 20/10/2014 – Convidados civis e militares, entre os quais o ministro da Defesa, Celso Amorim, foram apresentados nesta terça-feira (21) à maior e mais moderna aeronave já fabricada no Brasil: o cargueiro militar KC-390.  Em concorrida cerimônia realizada na fábrica da Embraer, em Gavião Peixoto, no interior de São Paulo, o público pôde conferir o chamado “roll out” do protótipo do avião, cuja primeira entrega, para a Força Aérea Brasileira (FAB), está programada para 2016.


O acordo entre a FAB e a fabricante brasileira de aviões, assinado em maio deste ano, prevê a aquisição de 28 aeronaves ao longo de dez anos. Além dessa encomenda inicial, já foram formalizadas intenções de compra de outros países.  Durante a cerimônia, o ministro Celso Amorim ressaltou a importância do desenvolvimento do KC-390 para o país, não só no sentido de fortalecer a base industrial de defesa, gerando empregos e tecnologia de ponta, mas também no fortalecimento da autoestima brasileira. "Momentos como este nos enchem de orgulho, essa aeronave é um prodígio de avanço tecnológico", disse.

Projeto estratégico do Ministério da Defesa, o KC -390 é uma iniciativa conjunta da FAB e Embraer para a produção de um avião de transporte militar e reabastecimento em voo, associada ao crescimento da indústria nacional, com desenvolvimento tecnológico. A aeronave é capaz de levar tropas a qualquer região do país com rapidez, além de transportar equipamentos militares desmontados, como o novo blindado Guarani, produzido para o Exército Brasileiro.

Seu desenvolvimento atende diretamente a uma diretriz da Estratégia Nacional de Defesa (END), no sentido de aumentar a capacidade de mobilidade das tropas brasileiras e permitir que os meios operativos das três Forças Armadas se complementem de forma integrada.


 A FAB utilizará a aeronave para substituir o Hércules C-130, empregado atualmente em operações como missões de busca e reabastecimento de outras aeronaves em voo.  Segundo o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, o KC-390 cumprirá as missões com maior agilidade. "As turbinas a jato conferem bastante agilidade à aeronave, que cumprirá todas as missões muito mais rápido e melhor", disse. "O KC-390 poderá operar tanto na Amazônia quanto na Antártica", completou.

Desenvolvida para atender aos requisitos estabelecidos pela FAB e utilizando o que existe de mais moderno no setor, o novo cargueiro militar brasileiro já nasce com grandes possibilidades de negócios.

Segundo a Embraer, há intenções de compra do KC-390 pela Argentina, Portugal e República Tcheca. Uma lista que deve aumentar na medida em que outros países que utilizam o C-130 comecem a substituir suas aeronaves.

Fonte: http://goo.gl/yUbqvf
0

Ebola - Veja Causas, Sintomas e Tratamento

Postado por Denilson on terça-feira, 21 de outubro de 2014 | 14:20

A doença de vírus Ébola é uma infecção rara e muitas vezes fatal causada por uma das cinco estirpes do vírus Ebola. Saiba tudo sobre o terrível vírus. O Ébola apareceu pela primeira vez em 1976, em uma eclosão simultânea nas áreas que agora são o Sudão e a República Democrática do Congo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Desde então, tem havido surtos esporádicos em África.

O mais recente surto de Ébola começou em março de 2014 e, a partir de 5 de outubro de 2014, houve 8.033 casos de Ébola relatados, de acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.

Causas e origens

Acredita-se que o vírus Ébola pode ter sido inicialmente transmitida aos seres humanos a partir de morcegos. O Ébola foi introduzido na população humana por meio das secreções, sangue, órgãos ou outros fluidos corporais de animais infectados.


De onde veio o Ébola?

Além de morcegos, alguns desses animais incluem macacos, chimpanzés, gorilas, antílope da floresta e porcos-espinhos. Alguns especialistas acreditam que a rápida propagação do vírus da África Central para a África Ocidental pode ser devido a padrões de viagem dos morcegos em toda a África.


De onde veio o nome Ebola?

Durante o surto de 1976 na República do Zaire (atual República Democrática do Congo), 280 pessoas foram infectadas através do contato próximo com os outros e com o uso de seringas contaminadas e agulhas em clínicas e hospitais.

Vírus

O Ébola é um vírus da família Filoviridae e do género Ebolavirus. Cinco espécies de vírus foram identificados, dos quais quatro são conhecidos por causar doenças em seres humanos: vírus Ebola (Zaire Ebolavirus); Vírus Sudão (Sudan Ebolavirus); Vírus Taï Forest (ex-Côte d'Ivoire Ebolavirus); e vírus Bundibugyo (Bundibugyo Ebolavirus).

A quinta espécie, vírus Reston (Reston Ebolavirus), não causou a doença em humanos, mas afetou primatas não-humanos. O vírus que causa o surto de 2014 no Oeste Africano pertence à espécie Zaire, de acordo com a OMS.

10 fatos que você precisa saber sobre o Ébola

Em geral, para sobreviver, os vírus precisam encontrar uma célula hospedeira e tomar conta dela. O vírus também se replica de modo que ele pode ser espalhado para outras células hospedeiras. Em resposta a um vírus, o corpo humano produz anticorpos.

O problema com o Ébola é que o vírus se espalha tão rapidamente que pode facilmente superar a resposta imunológica do corpo, afirma Jonathan Lai, professor associado de bioquímica na Albert Einstein College of Medicine, em Nova York.

Sintomas e diagnóstico

Os sintomas podem aparecer dois a 21 dias após a exposição ao vírus Ébola, afirma a OMS. Em média, no entanto, os sintomas aparecem dentro de oito a 10 dias. Os sintomas são extremamente inespecíficos no começo.

No início, os sintomas do Ébola parecem-se aos de muitos outros vírus. De acordo com o CDC, o paciente geralmente apresenta os seguintes sintomas:
  •     Uma febre superior a 38,6 graus Celsius
  •     Dor muscular
  •     Forte dor de cabeça
  •     Draqueza
  •     Diarréia
  •     Vómitos
  •     Dor abdominal
Alguns pacientes também sangram do nariz e da boca. Isso é chamado de síndrome hemorrágica e geralmente ocorre apenas nos estágios mais avançados da doença. Normalmente, o vírus Ébola provoca a síndrome hemorrágica em 30 a 50 por cento dos pacientes.

Outros sintomas que ocorrem em estágios avançados incluem erupção cutânea e sintomas da função renal e hepática, tais como sangue nas fezes, de acordo com a OMS. Como os sintomas do Ébola são tão parecidos aos de outras doenças, os médicos usam uma série de testes para diagnosticar:
  •     O isolamento do vírus por cultura de células
  •     ELISA (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay)
  •     Prova de soroneutralização
  •     Testes de detecção de captura de antígeno
  •     A microscopia eletrônica
  •     Transcriptase reversa-PCR (RT-PCR)
Como o Ébola se espalha?

O Ébola não é um vírus transmitido pelo ar. Ao contrário de alguns outros vírus, o vírus Ébola só pode ser transmitido por fluidos corporais. Portanto, propaga-se através da transmissão de humano para humano através do contato direto, afirma a OMS.

O contacto directo significa que sangue, secreções, órgãos ou outros fluidos corporais contendo o vírus podem entrar em contacto com a pele quebrada ou com as membranas mucosas de um indivíduo saudável, para transmitir o vírus.

Os fluidos podem vir diretamente do paciente infectado ou de superfícies tocadas pelo indivíduo doente, tais como roupa de cama ou vestuário. A OMS afirma que o vírus é mais facilmente transmitido através do sangue, fezes e vómito.


Leite materno, urina e sémen também parecem transmitir o vírus Ébola, e acredita-se também que o vírus pode mesmo ser transmitidos através de lágrimas e saliva. O Ébola não é transmitida através do ar. Assim, uma pessoa não pode contrair o vírus ao respirar o mesmo ar de alguém infectado.

No entanto, se uma pessoa infectada espirra diretamente em uma pessoa e o muco do espirro entra em contato com um corte aberto ou com os olhos, nariz ou boca da outra pessoa, há uma chance de infecção. No entanto, a OMS não tem documentado casos onde isso realmente aconteceu.

Segundo a OMS, os profissionais de saúde estão em maior risco de contrair o vírus Ébola. Em outubro de 2014, cerca de 184 profissionais de saúde da Libéria foram infectadas, e quase a metade deles já morreram.

Tratamento

Não há cura para o Ébola, nem existem quaisquer vacinas que podem prevenir a doença. Aqueles que se recuperam da doença fazem-no através da força do seu próprio sistema imunológico, de acordo com o CDC.

Cientistas descobriram uma potencial cura para o Ébola

Os médicos descobriram que um dos tratamentos mais importantes para os pacientes que sofrem com o vírus é simplesmente mantê-los bem hidratados e ajudá-los a respirar, para dar ao seu sistema imunitário uma melhor chance de lutar contra a doença.

Os médicos estão tentando vários tratamentos experimentais em pacientes. Alguns médicos estão dando aos pacientes transfusões de sangue daqueles que sobreviveram ao Ébola. A esperança é que os anticorpos dos sobreviventes ajudem a combater o sistema imunológico do receptor do vírus.

Um estudo de 1995, publicado no Journal of Infectious Disease descobriu que este tratamento pode ser útil para reduzir o número de mortes por Ébola. O ZMapp é um tratamento experimental para o Ebola.

Este tratamento contém três anticorpos monoclonais que se podem ligar ao vírus, de modo a que o sistema imune pode eliminar o vírus. Até agora, o trabalho publicado indica que ZMapp pode curar macacos até cinco dias depois de terem recebido uma dose letal do vírus Ebola.

De acordo com o CDC, ZMapp não foi testado relativamente à segurança ou eficácia em humanos. No entanto, um dos sobreviventes do Ébola, o Dr. Kent Brantly, foi tratado com ZMapp. O Brincidofovir é um outro tratamento experimental para o Ébola.

Este medicamento oral impede o vírus de se replicar. No entanto, ainda está em desenvolvimento e ainda não foi testado em seres humanos. Está na Fase 3 de testes clínicos, de acordo com o fabricante - Chimerix.

A Fase 3 de testes significa que tem sido dado a grandes grupos de pessoas para confirmar a sua eficácia, monitorar os efeitos colaterais, compará-lo com tratamentos comummente usados ​​e recolher informação que permita ao tratamento ser utilizado de forma segura.

Passos dados em direção da vacina do Ébola

Outro tratamento experimental, o TKM-Ebola, começou os testes em humanos em janeiro de 2014, de acordo com a Tekmira Pharmaceuticals. Ele é usado para prevenir a propagação do vírus e para tratar as pessoas que já estão infectadas.

Em testes com primatas, o tratamento foi 100 por cento eficaz na prevenção de que o vírus Ébola se espalhasse, de acordo com a documentação do Tekmira. TKM-Ebola foi usado com sucesso para tratar seres humanos com o vírus.

Recuperação e imunidade

De acordo com o CDC, a pesquisa mostra que os pacientes que se recuperam de Ébola podem desenvolver anticorpos que irão protegê-los do vírus por pelo menos 10 anos, ou possivelmente ainda mais. Além disso, após a recuperação do doente, ele ou ela não é mais contagioso.

Há uma exceção, no entanto. O paciente que se recupera ainda pode espalhar o vírus com sêmen por até três meses depois de se recuperar. Os médicos aconselham a quem está a recuperar-se do Ébola a usar preservativos ou a abster-se de relações durante três meses.

Prevenção

A maioria das pessoas fora de África Ocidental não precisa de se ​​preocupar com a prevenção. Somente aqueles que vivem numa área afetada e os profissionais da área médica estão em perigo de contrair o vírus.

Mark Zuckerberg doa 25 milhões de dólares para combater o Ébola

Algumas medidas estão sendo tomadas pelas organizações de saúde mundiais para travar a propagação da doença. Em outubro de 2014, a OMS e o Ministério Liberiano da Saúde, com o apoio da USAID, criou um programa de treinamento para profissionais de saúde que tratam pacientes.

O programa centra-se na assistência ao paciente, prevenção e controle de infecção. Seis sobreviventes do Ébola estão ajudando com o projeto, para dar um olhar para dentro do que é ter a doença. As empresas também estão produzindo máquinas que vão fazer a desinfecção fácil de hospitais.

Por exemplo, a Xenex, criadora de dispositivos médicos, desenvolveu um robô que usa pulsos de raios UV-C para desinfetar salas hospitalares. O dispositivo, chamado Little Moe, está sendo usado por 250 hospitais nos Estados Unidos. A empresa afirma que livra a sala de Ebola em dois minutos. 

Fonte: www.livescience.com/48311-ebola-causes-symptoms-treatment.html
0

Aprenda Uma Profissão Em Casa e Trabalhe Agora Mesmo

Postado por Denilson on segunda-feira, 20 de outubro de 2014 | 08:23

Você vive reclamando que não tem tempo nem dinheiro para realizar um curso profissionalizante, mas agora sua chance chegou. Você poderá realizar um curso profissionalizante que lhe dará além do conhecimento necessário para realizar o trabalho de forma profissional, o reconhecimento de que você possui o conhecimento para tal. Isso por que você receberá o diploma de conclusão. Tudo em sua casa e por um preço perfeito para você. Confira na postagem abaixo.


O rosto é como um cartão de visitas, quando mal cuidado, pode passar uma imagem negativa da pessoa e gerar problemas sociais e emocionais. Por outro lado, o rosto bem cuidado pode, comprovadamente, gerar uma sensação de bem-estar e abrir oportunidades diversas.

Neste Curso de Estética Facial você conhecerá quais são os cuidados necessários ao rosto, para atingir e manter um aspecto saudável. Aprenderá também sobre como os alimentos influenciam na saúde da pele e em quais alimentos encontramos os nutrientes essenciais para ela.

E mais:
  •     Conheça os tratamentos disponíveis e suas vantagens;
  •     Aprenda a evitar e tratar as rugas;
  •     Veja como combater Espinhas e Acne de forma eficaz;
  •     Saiba como identificar e tratar os diferentes tipos de pele.
Não importa se sua intenção é atuar profissionalmente na área, ou utilizar os conhecimentos em benefício próprio. O Curso de Estética Facial é ideal para qualquer uma dessas situações.

Aprenda tudo por meio de vídeo-aulas dinâmicas e interativas, com um tutor virtual, exemplos e exercícios. Ao final, receba o seu Certificado de Conclusão em casa, sem custo adicional.

0

Golpe Na Internet Que Usa 2ª via de Boletos

Postado por Denilson on segunda-feira, 6 de outubro de 2014 | 12:14

Para ficar atento com todas as modalidades de golpes. É bom tomar muito cuidado com a 2ª via dos boletos que você realizou pagamentos. Veja como evitar este tipo de golpe. Fazer o download da segunda via de boletos eletrônicos pode levar a um golpe bancário pela internet. Muitas vezes, os dados do código de barras são alterados e o valor pago acaba sendo repassado para a conta de criminosos.

Ligações telefônicas informando sobre a necessidade de troca de boletos devido a valores indevidos cobrados também indicam fraude. Durante a ligação, o próprio consumidor passa os dados do boleto original para o criminoso, que emite um documento novo com a alteração do destinatário.


Para evitar cair nesses golpes, confira sempre se o código da parte de cima da fatura é o mesmo que o da parte de baixo. Se necessária, a segunda via do boleto deve ser solicitada diretamente do site do banco emissor, com CNPJ da empresa, valor e data de vencimento no título.

Caso seja vítima de um crime semelhante, o consumidor deve contatar a empresa, comprovando os pagamentos realizados. Ainda que seja uma fraude de terceiros, a responsabilidade é da empresa porque o cliente não possui meios para identificá-la.

De acordo com a associação de consumidores PROTESTE, também há casos de envios de falsas faturas de cartão de crédito. As correspondências possuem todos os dados corretos do consumidor, com compras realizadas e sem aparente violação. Nestes episódios, verifique o código de barras da fatura e compare com os meses anteriores; o número deve ser sempre o mesmo.

Confira mais dicas para detectar uma fraude:
  •     Verifique se o símbolo do banco do cartão está correto
  •     Se possível, evite utilizar o boleto impresso. Pagar as contas por débito em conta e pela internet podem deixar a transação mais segura
  •     Caso ainda tenha dúvidas, leve a fatura até o banco e confirme a veracidade com o gerente, ou ligue pata a central de atendimento do cartão de crédito. 
Fonte: http://goo.gl/WhGjRJ
 
Visite : Templates | Rei dos Concursos
Copyright © 2011. Clique Notícia - All Rights Reserved
Template editado por Apostilas Grátis | Publicado em :Imagem templates
Proudly powered by Blogger
Free PageRank Checker
Central Blogs
My Ping in TotalPing.com FeedSearch - Feeds RSS e Atom GeraLinks